Visualizações de página do mês passado

pratica musical escola de artes

Este é um blog para divulgar minha escola ,meus alunos e a música em geral.Vão encontrar aqui links diversos criados por mim e também os encontrados na internet. "Se algum autor ou detentor de direitos autorais solicitar, o post sob reclamação será removido. "

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Revolução Farroupilha

          Comentários do You Tube:
  • Certa vez Arnaldo Jabor disse ter ficado abismado ao presenciar num evento, em Porto Alegre, o público cantar com muita emoção o Hino Riograndense. E ainda afirmou: Eu não sei se o meu Estado tem hino!
    Criamos o grito: Ah! Eu sou gaúcho! E temos prazer e orgulho em dizer: Esse saiu da nossa terra!" E essa atitude é por paixão as nossas raizes! Não temos vergonha de amar nosso Estado...
           Ah...Se alguém ainda não sabe:
             EU SOU GAÚCHA!!!!!!!!!





  

Hino rio-grandense


  
Tom:  C More


                                         Intro
C F C F C G/B Am G7 C F C F C D7 G7 Dm G7 
 
 
          C  F/C     C    F/C 
Como a aurora precursora 
C    G/B     Am   G7 
Do farol da divindade 
       C  Em/B    Am 
Foi o vinte de setembro 
         Em B7       Em 
O precursor da liberdade 
 
      G7               C 
(Mostremos valor, constância 
      G7                C 
Nesta ímpia e injusta guerra 
Gm7   C7         F 
Sirvam nossas façanhas 
      C G/B         Am   F 
De modelo a toda a terra 
G7    C F C  G7     C 
De modelo a toda a terra 
        G7       C 
Sirvam nossas façanhas 
      G7            C    F/C  C 
De modelo a toda a terra) 
Int. 
         C  F/C        C    F/C 
Mas não basta pra ser livre 
C   G/B          Am      G7 
Ser forte, aguerrido e bravo 
       C     Em/B    Am 
Povo que não tem virtude 
  Em B7           Em 
Acaba por ser escravo 
( )Int. F C G7 C 
   
 


Eu Sou do Sul 




  
Tom:  G More

G Em C Am D7 


tabrefrão
G Em7 (Eu sou do sul, é só olhar pra ver que eu sou do sul C G/B Am7 D7 Bis A minha terra tem um céu azul, é só olhar e ver)
refrão
B7 C Nascido entre a poesia e o arado Am7 D7 A gente lida com o gado e cuida da plantação B7 C A minha gente que veio da guerra Am7 D7 G D7 Cuida desta terra como quem cuida do coração ( )Int. B7 C Você que não conhece o meu estado Am D7 Tá convidado a ser feliz neste lugar B7 C A serra te dá o vinho o litoral te dá o carinho Am D7 G D7 O Guaíba te dá um pôr de sol lá na capital ( )Int. B7 C Na fronteira é los hermanos é prenda cavalo e canha Am D7 Viver lá na campanha é bom demais B7 C Que um santo missioneiro te acompanhe companheiro Am D7 G D7 Se puder vem lavar a alma no rio Uruguai ( )Int. daqui 
 

Querência Amada



  
Tom:  A More



Intro: E A E B7 E


                           A
Quem quiser saber quem sou olha para o céu azul
B7                    A           B7       E
E grita junto comigo viva o Rio Grande do Sul
                        A
O lenço me identifica qual a minha procedência
 B7                        A      B7       E
Da província de São Pedro padroeiro da querência

            B7                E              B7           E
Ó meu Rio Grande de encantos mil disposto a tudo pelo brasil
            B7             E                 B7
Querência amada dos parreirais da uva vem o vinho
                                         E
Do povo vem o carinho bondade nunca é demais

                            A
Berço de Flores da Cunha e de Borges de Medeiros
 B7                       A      B7      E
Terra de Getúlio Vargas presidente brasileiro
                           A
Eu sou da mesma vertente que Deus saúde me mande
      B7                       A       B7          E
E que eu possa ver muitos anos o céu azul do Rio Grande

          B7            E                B7          E
Te quero tanto torrão gaúcho morrer por ti me dou o luxo
            B7               E
Querência amada planícies, serras
                  B7
Os braços que me puxa da linda mulher gaúcha
                 E
Beleza da minha terra

                       A
Meu coração é pequeno porque Deus me fez assim
B7                        A        B7        E
O Rio Grande é bem maior mas cabe dentro de mim
                          A
Sou da geração mais nova poeta bem macho e guapo
 B7                       A           B7         E
Nas minhas veias escorre o sangue herói de farrapo

         B7                E             B7             E
Deus é gaúcho de espora e mango foi maragato ou foi chimango
            B7               E                     B7
Querência amada meu céu de anil este Rio Grande gigante
                                              E
Mais uma estrela brilhante na bandeira do Brasil
   

Solo Querencia Amada



  

Mi       La             Mi                  Si7                            Mi 
31-32-20-22-12-10-22-32-31-31-10-24-20-31-42-44-31-32-20-22-20-31-44-42-54-42 
   
daqui 

Céu, Sol, Sul, Terra e Cor

 

Intro: A D A F#m B7 E A E7 
 
 
     A                                      D                    A 
Eu quero andar nas coxilhas sentindo as "flexilhas" das ervas do chão 
        F#m              F#m7                B7                   E7 
Ter os pés "roseteado" de campo ficar mais trigueiros com o sol de verão 
       A                    D              E         A 
Fazer versos cantando as belezas desta natureza sem par 
       D                    A                  E         A           E7 
E mostrar para quem quiser ver um lugar pra viver sem chorar   (Bis) 
 
 
      A                               D            A 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
      D                   A                     E          A     
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 
                                      D            A 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
      D                   A                     E          A         E7 
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor  (Bis) 
 
 
(Intro) 
  
     A                                      D         A 
Eu quero me banhar nas fontes e olhar horizontes com Deus 
      F#m                F#m7               B7                   E 
E sentir que as cantigas nativas continuam vivas para os filhos meus 
        A                   D                 E         A 
Ver os campos florindo e crianças sorrindo felizes a cantar 
       D                    A                  E         A           E7 
E mostrar para quem quiser ver um lugar pra viver sem chorar   (Bis) 
 
 
 
      A                               D            A 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
      D                   A                     E          A     
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor 
                                      D            A 
É o meu Rio Grande do Sul, céu, sol, sul, terra e cor 
      D                   A                     E          A         D A E 
Onde tudo que se planta cresce e o que mais floresce é o amor  (Bis) 
 
daqui 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Itens compartilhados de raquel

Pesquisar este blog

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
Porto Alegre, RS, Brazil
Sou um ser tentando evoluir...